22/11/2013| CATEGORIA:

Se eu aprendi… Todo mundo aprende!

Oi, oi, oi!

Outro dia eu vi um dos posts mais legais que eu já vi na minha vida de viciada em blogs. A Bruna Tavares fez o post “Meu Passado me Condena”, mostrando fotos no estilo “Antes e Depois” do mesmo make: o primeiro, feito no início do blog dela, o Pausa Para Feminices (amo), e o segundo, refeito recentemente.

O ponto da Bruna, que é mais ou menos o que quero mostrar aqui também, é que todo mundo começa de algum lugar, e pode chegar até onde quiser. Nunca paramos de aprender e sempre podemos melhorar e crescer. Em todas as áreas da vida.

Além disso, eu penso que a gente pode descobrir talentos que nunca achou que poderia ter. Eu sempre fui péssima (e ainda sou rsrs…) em desenhos. Isso não me impediu de tentar aprender a me maquiar – a vontade e a persistência superaram a preguiça ou o pensamento “ah, eu não consigo fazer o que a maquiadora ou a blogueira fazem”.

Se você ama maquiagem, gostaria muito de saber se maquiar, ficar independente de salões ou daquela amiga que maquia super bem mas , claro, não pode te ajudar todas as vezes (“Ai, fico sem graça!”), tente!

Olha o diálogo que eu queria ter com quem ainda duvida de si:

– Rê, queria saber me maquiar! Mas eu não consigo!
– Mas eu também não conseguia. Nem passar lápis no olho, acredita? E nem tem tanto tempo assim que eu aprendi!
– Sério?
– Seríssimo. Tem mais ou menos uns 2 anos que passei a me maquiar, e mesmo assim, demorou um tempo pra eu sentir segurança. Treinava muito, errava. Com o tempo, conheci meus olhos, seus limites, o que os deixa mais bonitos, o que os enfeia. Conheci minha pele, o formato do meu rosto. E só depois de muita prática, me arrisquei a ir para uma festa de casamento maquiada por mim mesma.
– Mas como você aprendeu?
– Da mesma forma que você agora: procurando ajuda na Internet.  Foi uma conquista por amor e dedicação mesmo . Bom, como tudo na vida né! Vai lá, tenta!

Dá só uma olhada  em tentativas #fail minhas no início (ainda não tinha o blog! Práticas em casa, sem sair depois! Rsrs…) e agora: (casamentos este ano)

Eu tinha dificuldade no delineado (quem nunca?), em passar de forma suave da sombra clara para a escura, e não sabia esfumar sem subir a sombra demais em direção à sobrancelha)


Aqui, dá pra ver ainda a dificuldade em esfumar (o preto muito marcado), o delineado tortinho (tortINHO é apelido) e a sombra cintilante cobrindo a maior parte da pálpebra. 

Estas são as minhas impressões da minha própria maquiagem antigamente, e estas características não ficam bem em mim. Mas é sempre bom lembrar que não existe regras universais no mundo da make! Por isso, se conhecer é a chave!

E aí? Te animei a se arriscar? Tente! Antes do banho, num sábado à tarde, não importa, mas procure praticar quando estiver à toa, sem pressão de sair. É a melhor hora!

E, o mais importante, não desista. É muito divertido! E a melhor parte, pra mim, é sair exatamente do jeito que planejou. Você escolheu cada detalhe do seu look, das sombras aos cílios, ao blush. É muito gostoso ter esta sensação!

E, no fim de tudo, poder dizer, cheia de orgulho, logo após ouvir um elogio:

“Fui eu que me maquiei!”

🙂

Até a próxima!


O post “Se eu aprendi… Todo mundo aprende” foi escrito pela Rê e saiu primeiro no blog Elas por Elas.

CONTE PRAZAMIGAS!

6 Comentários

  • Alice Amaral says:

    Que legal Rê, amei o post! Concordo plenamente com o que vc diz: se realmente queremos aprender alguma coisa, temos que procurar, estudar e praticar sempre!!! A sua evolução foi visível, parabéns!!!
    Mudando um pouco de assunto, que paleta é aquela da Lu Ferraes??!! Apaixonei, com certeza vou ter uma na minha coleção!! Bjuu 🙂

  • Daniele Costa says:

    Eu estava procurando um post assim, fui fuxicando aqui no blog e achei. É mto bom vc compartilhar esssa experiencia conosco, pois assim, a gnte sabe que pode ser capaz tbm, basta muitoo treino rs. Rê, eu não sei se ja tem post sobre, mas vc poderia falar os produtos essenciais para começar, tanto de pele como os utensílios necessários, como os pincéis..rs
    beijo querida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *